DOIS MOTIVOS MAIS FREQUENTES QUE PODEM TE LEVAR AO DESÂNIMO

Existem várias situações que podem levar uma pessoa à tristeza e ao desânimo. Entretanto, eu quero compartilhar com você duas dessas situações que, em minha opinião, têm sido as mais frequentes na trajetória de homens e mulheres de Deus. E, para isto, eu vou usar como exemplo a vida de Elias.

MOTIVO 1 – MÁGOA

A primeira coisa que tem levado muitas pessoas ao desânimo é a mágoa.

Elias entra em uma fase de desânimo quando Jezabel começa a persegui-lo. Ele, então, começa a enfrentar algumas pressões no seu ministério e fica magoado.

Eu acredito que sobre o coração de Elias deveriaestar começando a brotar um pensamento mais ou menos assim:

– “Eu lutei contra 450 profetas de baal. Eu apliquei a fé e fiz o que ninguém queria fazer. Eu lutei pela Obra de Deus e pelo Ministério. Porém, agora que eu estou passando por uma situação difícil, Deus não envia nem um anjo sequer para me ajudar.”

É como se Elias estivesse falando:

– “Eu fiz, fiz, fiz e ninguém está fazendo nada por mim.”

Elias estava magoado. Quando você deixa o sentimento de mágoa brotar no seu coração, o seu coração fica pesado e traz, além do desânimo, o esfriamento espiritual.

Sabe, quando alguém está frio espiritualmente, a primeira coisa que precisamos verificar é se há mágoa no coração desta pessoa com relação a alguém ou a alguma situação. Existem pessoas que ficam literalmente frias quando há mágoa em seus corações. E, foi exatamenteisto o que aconteceu com Elias.

MOTIVO 2 – ORGULHO

Elias não admitiu a sua fraqueza!

Na hora em que ele começou a ser perseguido por Jezabel, ele poderia ter clamado a Deus pedindo ajuda e reconhecendo que estava fragilizado pela batalha que havia enfrentado. Ele também poderia ter conversado com discípulos que estavam ao seu lado. Contudo, o orgulho encheu o seu coração para que ele não confessasse sua fraqueza. O orgulho veio sobre Elias para que ele não admitisse suas falhas. Elias se achava “o top dos tops”, como se diz hoje em dia.

Quando o orgulho enche o coração de uma pessoa, o coração desta pessoa começa a ficar pesado e ela passa a não enxergar mais que precisa pedir ajuda. Ela não quer fazer isto. Para ela, dói tanto para pedir ajuda, quanto para admitir as suas fraquezas.

E, como dói pedir ajuda e admitir as fraquezas, a maior arma de defesa de uma pessoa orgulhosa é o ataque. Porém, quando ela começa a atacar, o diabo começa a desanimar o coração dela. O inimigo começa a lançar frieza, tristeza e a pessoa começa a querer “fugir”, como aconteceu com Elias.

Eu quero mostrar a você, caro leitor, o passo a passo que o inimigo usou para ir lançando desânimo e tristeza sobre Elias durante a sua trajetória. Eu tenho certeza de que, conforme você for lendo, você vai começar a perceber que esta é uma realidade ainda nos dias de hoje, entretanto, que você pode frear o processo de crescimento na sua vida ou na vida de alguém que você está cuidando.

Agora, preste atenção! A história em que estou me baseando é uma história real de um homem de Deus, de um profeta! Ele não era “qualquer um”! Isso nos ensina que, se aconteceu na vida dele, quem somos nós para dizer que não acontecerá conosco?

É preciso tirar ensinamentos desta experiência que Elias passou para que se possa vigiar e não cair na mesma cilada do diabo que ele caiu.

Fonte: Extraído do Livro “Como vencer a tristeza e o denânimo” – Pr. Bruno Monteiro

Adquira o novo livro do Pastor Bruno Monteiro – Como vencer a tristeza e o desânimo

DOIS MOTIVOS MAIS FREQUENTES QUE PODEM TE LEVAR AO DESÂNIMO

Comentários (0)