PRINCÍPIOS ESPIRITUAIS QUE HERDAMOS NO VERDADEIRO DISCIPULADO

Princípios espirituais que herdamos no verdadeiro discipulado

Há pelo menos três princípios espirituais envolvidos no discipulado:

1 – A Herança do Manto

É totalmente correta esta expressão popular “filho de peixe, peixinho é”; ou aquela “diga com quem tu andas que eu te direi quem és”; ou ainda “tal pai, tal filho”.

Chamamos de “herança do manto” todas as características ministeriais e, em especial, a unção herdada pelo discípulo. Vemos fortemente isso na Bíblia. Josué herdou o estilo, a visão, o ministério, a autoridade e a unção de Moisés; Eliseu herdou o manto de Elias; Timóteo, Apolo, João Marcos, Tito e outros herdaram de Paulo. Muitas vezes herda-se até os extremos e as falhas de caráter (II Reis 2.9-14).

2 – Mesmo Espírito

A Bíblia diz que Deus tirou do Espírito que estava sobre Moisés e colocou sobre os homens que foram escolhidos para auxiliá-lo. Isso nos fala de termos todos a mesma alma, a mesma visão, e a mesma maneira de resolver as coisas. Ter o mesmo espírito é ter a mesma disposição e a mesma maneira de pensar. Por isso discipulado é o meio de termos unidade e segurança na obra de Deus. Ter o mesmo espírito é uma das consequências do discipulado e um dos princípios espirituais. Após algum tempo vinculado a alguém, vemos o discípulo cada vez mais parecido com seu discipulador (Número 11. 16-17).

3 – Reprodução de Modelo

O modelo que elegemos e que temos praticado é o que vamos reproduzir; seja o estilo, a visão, a intensidade, o modo de agir…. Aquilo que temos diante dos nossos olhos é o que praticamos. Se tivermos diante de nós mediocridade, é mediocridade que reproduziremos. Por isso, todo o cuidado para com o discipulado, para que formemos seguramente obreiros segundo o modelo que temos recebido de Deus (Mateus 28.18-20).

PRINCÍPIOS ESPIRITUAIS QUE HERDAMOS NO VERDADEIRO DISCIPULADO

Comentários (0)